Usar a mentalidade de ontem para resolver os desafios de hoje está fadado ao fracasso. É equivalente a lutas as guerras atuais com armas de séculos passados. Entretanto, é exatamente o que líderes de negócios estão fazendo ao redor do mundo. Eles adotam pensamento industrial convencional na liderança e se consideram como chefes no topo da hierarquia. Eles caçam lucros e têm os olhos apenas nos fins. Eles tomam todas as grandes decisões, dão ordens diretas a empregados e usam salários e bônus para motivar sua equipe.

Eles operam dessa maneira porque acreditam que é o melhor para sua empresa. Mas estão errados.

A teoria que sustenta a liderança convencional data do início do século XX, quando o engenheiro Frederick W. Taylor escreveu seu revolucionário livro, Os Princípios de Gerenciamento Científico. Ao descrever técnicas para melhorar a eficiência da produção em massa o livro não apenas mudou o conceito de trabalho – ele mudou o mundo. Esse movimento passou desde então a ser conhecido ao redor do mundo com Taylorismo.

Mas tem cem anos de idade!

Os tempos mudaram. Um trabalhador não é mais apenas um par de mão em uma linha de produção ou um escritório. Líderes não mais sentam-se incontestáveis atrás de mesas de mogno. E decisões não são mais tomadas apenas por grupos gerenciadores atrás de portas fechadas. Companhias não são mais restritas por essas limitações.

Assim, é tempo para algo novo.

E essa coisa nova é UNBOSS.

Atualmente apenas o título do livro, UNBOSS irá em breve se tornar um movimento para melhor administração, maior transparências das organizações, mais envolvimento, menos exclusão, mais inovação e menos tempo ocioso. Por fim, há de levar a um mundo melhor.

O conceito compreende três grande componentes

  • UNBOSS, o nome desse novo movimento.
  • Um unboss, o oposto de chefe.
  • Para unboss, o processo de transformar uma organização convencional em uma que alcance melhor o propósito da organização; uma que seja mais sustentável e assim, mais atrativa para se fazer parte.

Nas próximas décadas o conceito de trabalho há de sofrer mudanças fundamentais.

Praticamente todo o planeta está conectado por mídia social, o que virou de cabeça para baixo as indústrias em suas mentes. Nós podemos agora cruzar bordas que antes não estávamos aptos a cruzar – bordas funcionais, bordas hierárquicas, bordas corporativas, bordas profissionais e bordas nacionais e continentais. E pessoas jovens que começam a embarcar em suas vidas profissionais têm percepções completamente diferentes de trabalho, gerentes e companhias das que você teve em seu primeiro emprego. A nova geração de trabalhadores não pode ser comandada a fazer coisas que eles não entendem ou nas quais não vêm significado. As hierarquias foram quebradas e a comunicação está cruzando as fronteiras.

Essas mudanças criaram um desmoronamento, forçando-nos a mudar a maneira com que o trabalho é realizado. Como solução, criamos UNBOSS.

Os 10 princípios de UNBOSS:

  1. Foco em propósito mais que em lucro.
  2. Dissolver a velha hierarquia e encorajar todos a trabalhar juntos.
  3. Transformar seu negócio em uma rede social ilimitada.
  4. Torne-se um grande lugar para se trabalhar e atraia as melhores pessoas.
  5. Dê um passo atrás e deixe seus empregados tomar a liderança.
  6. Transforme clientes em parceiros e lhe ajudarão em sua causa.
  7. Livre-se de escalas rígidas de pagamentos e esquemas de bônus – além de empregados egoístas que se preocupam com essas coisas.
  8. Envolva pessoas de fora de sua companhia – também em pesquisa e desenvolvimento.
  9. Tolere erros e fale abertamente com eles.
  10. Reforce o diálogo dentro da organização através do uso de mídia social.

Porque o projeto UNBOSS?

Pense na Apple, Google e LEGO. Essas companhias se tornaram destaques de suas indústrias individuais e literalmente jogaram os rivais de lado. As razões para isso? Isso tem um propósito. Eles buscam não apenas se tornar o líder de mercado de sua indústria, mas alcançar feitos cada vez maiores; eles buscam fazer a diferença em seus campos – na sociedade. Eles focam intensamente em seus propósitos para o bem um propósito maior.

Sua companhia tem um propósito? Se não, você deve arranjar um. O futuro pertence às companhias aptas a identificar um propósito claro e o tornar o núcleo da companhia.

Por que você deve ler esse livro?

A mudança não acontece por si mesma. É um grande esforço desafiar um sistema arraigado, bem estabelecido. Alguns dizem que não pode ser feito. Nós acreditamos que é possível e descrevemos passo a passo como você pode tornar isso realidade. Você pode fazer a grande diferença onde você está. E quando nós implementamos a mudança em uma grande escala nós podemos mudar o quadro geral. Será uma revolução.